quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Dicas para facilitar na hora de acender a churrasqueira


Pão duro com álcool
Encharque em álcool ou óleo um pedaço de pão duro, de preferência amanhecido. Coloque-o dentro de um pequeno monte de carvão e cubra-o com mais carvão. Jogue um pouco mais de álcool sobre esse monte e ponha fogo. 
Cuidado ao jogar o fogo no pão. Esta técnica é a mais segura, mas sempre é bom tomar cuidado.

Prós – Pega fogo rápido, de forma uniforme
Contra – Precisa abanar bastante para manter a brasa. 
O óleo em pão velho faz muita fumaça.


Álcool sobre o carvão
Espalhe uma boa quantidade de carvão na churrasqueira, posicionando os maiores pedaços no fundo e em seguida despeje álcool. 
A medida é para cada quilo de carvão, meia garrafa de álcool. Não use o álcool diluído, de 46ºGL, não serve. Use o álcool de 92ºGL ou mais. Se for utilizar o álcool em gel, a medida é uma garrafa para um saco de carvão.
Após molhar o carvão, espere pouco mais de um minuto para que o álcool seja absorvido. Jogue (de longe) um palito de fósforo.  Aqueles de 45 cm são os melhores, pois mesmo com o movimento o fogo se mantém.
Não precisa abanar o carvão, pois com ele encharcado de álcool, a brasa se manterá sozinha. 
 Antes de colocar a carne para assar, espere 45 minutos para que a brasa se torne uniforme e as chamas diminuam  

Prós- Não precisa abanar. Não tem fumaça tóxica, apenas do carvão e as cinzas ficam dentro da churrasqueira.
Contra – 
Uma das técnicas mais fáceis também é uma das mais perigosas, cuidado! 
Risco de acidente caso o palito de fósforo seja jogado muito próximo da churrasqueira.

Cartela de ovos, óleo de cozinha usado e fósforo
Corte um copinho da cartela de ovos
Coloque no meio do carvão
Despeje o álcool e acenda com o fósforo

Papel Higiênico e óleo de cozinha de preferencia de soja

Não será necessário nenhum combustível, pontos em segurança! Pegue um rolo de papelão e encha com tufos de papel higiênico encharcados de óleo. Encharque o carvão com álcool ou óleo. Espalhe alguns rolinhos pela churrasqueira e cubra-os com o carvão, criando uma espécie de pirâmide. Acenda, assim que começar a pegar fogo, abane até manter a brasa.

Prós – Pega fogo rápido
Contra - Faz uma fumaça escura altamente tóxica e precisa abanar para manter a brasa.

Vulcão
Use um rolo de jornal, uma garrafa de vidro e o combustível poderá ser álcool ou óleo. Enrole várias folhas de jornal em volta da garrafa, tomando o cuidado de não fechar a parte superior ou a inferior do objeto, deixe alguns espaços para a passagem do ar.  A
pós enrolar uma camada espessa de jornal, remova a garrafa, formando assim um canudo de papel. 

Coloque esse canudo no centro da churrasqueira, umedeça o rolo com o líquido desejado e envolva-o com carvão por dentro e por fora. Em seguida, ponha fogo no canudo.

Espalhe o carvão na churrasqueira e aguarde mais alguns minutos, até que você tenha um braseiro forte e sem labaredas.

Prós – O fogo dura mais, ajudando a brasa.
Contra – A fumaça joga bastante cinza, além de ser tóxica. 


Dicas:

  • Use sempre carvão de boa qualidade e com o selo do INMETRO
  • Pegue o carvão e espalhe por toda a churrasqueira. Deixe uma pilha de carvão maior do que outra em um canto da churrasqueira, assim um lado a carne assa mais devagar e por completo  e o outro lado assa melhor a parte de fora, valorizando assim o tipo do churrasco mal passado.
Atenção:
Uma pequena fagulha que caia num frasco de álcool pode causar uma explosão. Um simples pedaço de plástico que caia dentro de uma churrasqueira provocará a liberação de gases tóxicos que poderão causar mal estar e dor nos olhos de quem estiver por perto. Antes de acender o fogo, verifique se não há crianças por perto, nem qualquer produto inflamável.

Fique atento quando for manusear combustíveis perto do fogo e, se possível, não utilize produtos tóxicos. Sempre que possível escolha o óleo, é a alternativa mais segura.
 
Agora é só preparar o churrasco!