sexta-feira, 4 de março de 2016

Dicas de como organizar a mudança e para quem vai morar sozinho pela primeira vez

HOMEALONE_SOSOSLTEIROS
Antes de pensar em mudança é preciso encontra o local da nova residência. 
Veja algumas dicas:
Se for morar em outra cidade:

PESQUISE

searching_google_in_google_is_very_dangerous_-funny_animation_gif_8914304445

Busque informações, pergunte para quem mora ou já morou na cidade, quais são as impressões do lugar, as características mais marcantes, problema mais comuns do local e as vantagens/benefícios de se viver lá.
Se você não conhece ninguém que possa te ajudar, busque grupos de discussão e fóruns na internet. Use a web também para entender um pouco do cotidiano da cidade: funcionamento do transporte público, clima, segurança e custo de vida no local. Vale a pena dar uma boa olhada nos mapas disponíveis na internet também, para ter noção de espaço da região e tempo de deslocamento de um local para o outro.

VEJA COM OS PRÓPRIOS OLHOS A LOCALIZAÇÃO E SEGURANÇA

keeping_an_eye_on_you

É importante fazer, pelo menos, uma visita ao local e já ir dando uma procurada nos imóveis por lá (se ainda tiver que encontra um) ou nas redondezas de onde vai morar (se já tiver escolhido o imóvel).
Antes de alugar o apê, observe se a localização é segura. Se informe como é a vizinhança, se a rua é muito agitada e com muitos ruídos. Às vezes o lugar é suscetível a assaltos, problemas de convivência, barulhos excessivos, e depois de fechar negócio, pode ser tarde demais.

VERIFIQUE SE O LOCAL ESTÁ EM BOM ESTADO

porta_sososlteiros
É muito importante saber se o local está em bom estado para uso, por exemplo: abra a torneira para ver se a água é limpa, observe se há goteiras pela casa, veja se as fechaduras e iluminação estão boas, se existe janelas com telas de proteção – isso será importante inclusive se você tiver bichinhos de estimação –, e verifique se há uma porta de segurança firme na entrada.

CONFIRA COMO É A LAVANDERIA

lavanderia_sososlteiros
Veja a lavanderia do local, pois alguns apês possuem um espaço bem pequeno reservado à ela, ou em muitas kits, por exemplo, é uma área dividida pelos moradores que nem sempre tem uma máquina para uso coletivo, e ninguém merece lavar roupas à mão, não é?
VERIFIQUE A GARAGEM

mina_bike_sososlteiros
Se tiver carro, verifique se há garagem no lugar, e se a mesma é segura. Se atente quanto ao custo para a utilização da mesma, e caso o prédio não tenha garagem própria, faça uma busca no bairro e veja como são e quanto custa os estacionamentos na sua nova região. Caso seja da turma da bike, verifique a existência de bicicletário, ou espaços onde você possa deixar sua magrela com segurança.
PLANEJE A GRANA ANTES
peggy-olsen-counting-money

Já tem ideia do custo de vida no novo destino, então coloque tudo em uma planilha: aluguel ou prestação do imóvel, água, luz, gás, internet, TV a cabo, condomínio, despesas com transporte e alimentação.
Dica: o valor do aluguel/prestação não deve exceder 30% da sua renda total. Se for alugar um imóvel, inclua também no orçamento a garantia que você vai utilizar no contrato: seguro fiança (equivalente a um aluguel e meio por ano, pago em 4 parcelas) ou depósito caução (normalmente, são três alugueies por ano, pagos de uma vez só, logo de cara).
Reserve um valor equivalente a 30% do primeiro aluguel ou prestação para as inevitáveis despesas relacionadas a “entrar no novo local” (trocar o chuveiro, alguma torneira, fiação, lâmpadas, trocar a fechadura, fazer cópia das novas chaves etc.).
packing-3

RECRUTE OS AMIGOS NA MUDANÇA


Mudar dá trabalho e toda ajuda é muito bem vinda! Veja se pode contar com a família, parentes, amigos, ou profissionais contratados carregador, motorista do caminhão, eletricista, encanador e gente solidária (vizinhos, zelador e porteiro).
Você vai pou­par muito tempo se con­se­guir alguns paren­tes e ami­gos para aju­dar a encai­xo­tar e desen­cai­xo­tar as coi­sas.

PLANEJE A MUDANÇA

Se você tiver um amigo ou parente que possa emprestar uma caminhonete, talvez seja suficiente e você vai precisar gastar com o caminhão de mudança, apenas com os pedágios e combustível, mas não esqueça vai precisa mais de uma pessoa para carregar tudo.

Embalando e encaixotando a mudança
Também pode embalar tudo o que vai levar  em alguns dias e investir apenas no transporte das caixas.

NÃO PECHINCHE NA MUDANÇA

Escolha uma empresa com experiência, seus móveis e geladeira agradecem.
Se for contratar serviços de mudança faça, pelo menos, três orçamentos: caminhão, ajudantes etc. 
Antes de contratar a mudança, verifique se há alguma restrição de horário para circulação de caminhões na nova cidade e também se não há nenhuma mudança já programada no novo endereço, na mesma data. Verificar os horários permitidos, e não esqueça de avisar o síndico, zelador ou administração predial sobre a programação da sua mudança.
É bom deixar alguém autorizado para resolver questões burocráticas na sua cidade atual, evitando dor de cabeça e deslocamentos desnecessários depois da sua mudança. Sempre fica uma conta pra trás, um documento para resolver etc. Considere fazer uma procuração, neste caso.
Verifique o status atual das contas de consumo do novo endereço, data de vencimento e os prazos de transferência/ativação, se for o caso: água, luz, gás, internet e TV a cabo. Na semana da sua mudança, passe todas essas contas do novo endereço para o seu nome e programe o desligamento desses serviços no local atual/antigo.
Na semana da mudança, altere os seus endereços no banco, cartão de crédito, assinaturas de revistas, colégio/faculdade, academia etc.

VEJA TUDO O QUE NÃO PRECISA E DESFAÇA ANTES DE MUDAR
Vai ganhar tempo e espaço. A regra é se você não usa agora, provavelmente não vai usar mais. 

gastei-meu-dinheiro-com-sabedoria

Se possível deixe para comprar tudo já novo endereço, ou compre pela internet (muitas vezes é mais barato) e peça para entregar lá, mas certifique-se de que haverá alguém no local para receber a encomenda. 

Compras para a primeira residência

Listinha básica pra quem vai morar sozinho:

  • Móveis: guarda-roupas, mesa com cadeiras, colchão e se der, uma cama.
  • Eletrodomésticos: microondas, cafeteira, liquidificador, ventilador, máquina de lavar, aparelho de som e tv.
 COZINHA
  • 4 pratos
  • faqueiro pequeno
  • 4 panelas (incluindo frigideira)
  • jogo de copos de água, whisky, cerveja e cachaça
  • jogo de taças de vinho (champanhe se for ryyyka)
  • balde para gelo
  • saca rolhas
  • formas de gelo
  • filtro de água
  • jogo de xícaras de café
  • vários potes tupperware de vidro (pequenos, médios e grandes)
  • jarra para água ou suco
  • 2 travessas refratárias
Outros utensílios:
  • varal móvel de teto e pregadores de roupas
  • edredom
  • 2 jogos de cama
  • 2 jogos de toalhas para banho
  • 2 toalhas de mesa
  • vários panos: de prato, de chão, de pia…
  • tábua e ferro de passar roupa
  • pá, vassoura e rodo – trio ternura
  • baldes
  • tapetes
  • almofadas
  • banquinhos

KIT ANTI-PERRENGUE

Você também precisará levar algumas coisas na sua mudança para o seu uso diário. Pensando nisso, fizemos uma listinha apelidada de kit “anti-perrengue”. 

QUARTO

  • Despertador
  • Cama
  • Colchão
  • Cobertores
  • Travesseiros
  • Luminária
  • Lenços de papel
  • Espelho

COZINHA

  • Cafeteira
  • Fogão (ou forno elétrico)
  • Geladeira
  • Tábua de cortar
  • Sabão
  • Facas
  • Pratos
  • Copos
  • Panelas
  • Talheres
  • Esponja
  • Sacos de lixo
  • BANHEIRO

    • Sabonete
    • Papel higiênico
    • Escova de dentes
    • Pasta de dente
    • Toalhas
    • Remédios eventuais (para dor de cabeça, estômago, etc.)
Antes de levar a mudança 

Limpe e organize o imóvel novo: Pinte (se for necessário) e conserte o que estiver precisando de reparos. Fica muito mais fácil, quando está vazio é possível jogar água de esguicho. Verifique se tem lampadas, tampinhas para o tanque e as pias.

SAIBA ONDE VAI COLOCAR AS COISAS ANTES


Não precisa ser um arquiteto ou decorador de interiores, uma planta baixa bem simples já vai ajudar bastante. Saiba pelo menos onde vai deixar a cama, o sofá, a geladeira e tudo mais de pesado que você tiver. Do mesmo modo que não é legal desviar dos móveis grandes, ficar carregando coisa pesada não é uma boa.
(DICA EXTRA: Se liga nesse aplicativo que faz a planta baixa de qualquer lugar em segundos, e depois como antecipar a decoração do espaço facilmente, com modelos 3D!)
giphy


Faça lista de tudo o que for fazer

Chec­klist com qua­dra­di­nho do lado, tarefa do outro. Marque o que já fez. Para não esquecer e também para evitar stress.

BOLE UM PLANO

Antes de come­çar a ras­gar cai­xas feito um louco, tenha um plano. Sente com sua famí­lia e bolem um plano, isso inclui o que vai pra onde e quem é res­pon­sá­vel pelo quê. Vai aju­dar para a coisa toda rolar mais suave e com menos stress.

ETI­QUE­TAS DE ENDEREÇO

Faça algu­mas eti­que­tas com seu novo ende­reço antes de se mudar para a nova casa. Dei­xe com os mora­do­res da sua antiga casa para que eles pos­sam enca­mi­nhar qual­quer cor­res­pon­dên­cia que che­gue após sua mudança. Lembre-se de deixar dinheiro para cobrir despesas com postagens.

ARRUME UMA BABÁ

Se você tiver cri­an­ças, ainda mais se forem peque­nas, arru­me alguém para cui­dar delas enquanto você se envolve com a mudança, nas horas de encai­xo­tar, desen­cai­xo­tar, etc. Você vai con­se­guir fazer mais em menos tempo.

REGRA DO QUARTO VAZIO

Assim que che­gar na casa nova defina o Quarto Vazio. Esse quarto vai ser uma zona livre de cai­xas e vai ser­vir para que você e sua famí­lia pos­sam des­can­sar e rela­xar de todo o tra­ba­lho de desen­cai­xo­tar coi­sas; sem olhar pra mais cai­xas, de pre­fe­rên­cia!

BICHI­NHOS SEGUROS


Se você tiver animais de estimação, tenha um plano pra che­gada da mudança. Ponha o gato no banheiro com a caixa de areia e o cachorro num cer­cado no quin­tal ou na lavan­de­ria. Dessa forma você evita que qual­quer aci­dente possa acon­te­cer com seus bichi­nhos. Além disso, pro­cure dar uma aten­ção para eles no pri­meiro dia, pois mudança de ambi­ente é mais brusca para eles do que para você e sua famí­lia. Ani­mais demo­ram mais a se adaptar.


Preparando a mudança



ENCAI­XOTA TUDO

Procure por cai­xas em super­mer­ca­dos estilo Makro e Ata­ca­dão, sem­pre tem umas cai­xas nos cor­re­do­res. Se não encontrar, vá ao cen­tro de reci­cla­gem da cidade e com­pre algumas bem baratinho. 

ENCAI­XOTE ANTES


Mesmo que você encai­xote ape­nas 2 cai­xas por dia, em 30 dias você vai ter encai­xo­tado 60 cai­xas! Comece por locais onde as coi­sas não são tão uti­li­za­das, como a gara­gem, quarto de bagunça, quarto de visi­tas, etc.

DEIXE TUDO MAIS LEVE


O pape­lão das cai­xas pode ser manu­se­ado melhor se não exce­der 25 kg de carga por caixa. Tenha isso em mente quando esti­ver encaixotando.

Para facilitar na hora de carregar as caixas faça aberturas laterais com o estilete 

CRIE UM SIS­TEMA ABC

Separe as cai­xas por pri­o­ri­dade:

A = São os itens que pre­ci­são ser usa­dos no mesmo dia, marque as caixas com um grande A, que defi­nirá pri­o­ri­dade máxima para aquela caixa.

B = Itens impor­tan­tes, mas não essen­ci­ais, mar­que com um B. 

C = Itens que você só usa 1x no ano: deco­ra­ção de natal, etc, mar­que com um C, e serão as cai­xas que vão ser aber­tas por último.
Então, desen­cai­xote A, B e C, nessa ordem.

EMBRU­LHE

Você vai pre­ci­sar de muito jor­nal e fita ade­siva. Quase sem­pre as coi­sas que são embru­lha­das com jor­nal ficam com tinta que as folhas sol­tam, então depois de desem­bru­lhar você pro­va­vel­mente vai pre­ci­sar limpá-las. As empre­sas de mudança usam jor­nal sem ser impresso (papel jor­nal). Para itens que não podem pegar essa tinta de jeito nenhum, com­pre o papel em uma pape­la­ria. Papel seda e papel ondu­lado tam­bém são óti­mos para embru­lhar coi­sas e podem ser adqui­ri­dos em pape­la­rias. Estes papéis tam­bém são óti­mos para dar amor­te­ci­mento para itens frá­geis como copos, pra­tos e frascos.

MAR­QUE

Mar­ca­do­res per­ma­nen­tes (vulgo piloto) são óti­mos para mar­car as cai­xas com infor­ma­ções impor­tan­tes, como, cômodo de des­tino, con­teúdo da caixa, frá­gil e “este lado para cima”.
Preferencialmente use letras bem grandes e cores diferentes para cada ambiente. Descreva com detalhes o conteúdo, algo como: envelopes e papelaria da segunda e terceira gavetas da bancada. Ou ainda, em vez de simplesmente roupas, informe que a caixa contém biquíni e roupa de ginástica, ou ainda vestidos de festa.

ETI­QUETE







USE ADESIVOS COLORIDOS E COLE NAS CAIXAS DE ACORDO COM O DESTINO DELA, EX: VERMELHO PARA SALA, AMARELO PARA O QUARTO… 

Iden­ti­fi­ca­das fica fácil distinguir as que são itens de cozi­nha, quarto do casal, das cri­an­ças, do banheiro e lavan­de­ria, por exem­plo. Use uma cor dife­rente para cada cômodo. Se neces­sá­rio, faça uma lista de legen­das para saber facil­mente o que tem em cada caixa. Se puder vá antes no seu novo lar e cole ade­si­vos de cores cor­res­pon­den­tes, nas por­tas de cada cômodo que rece­berá as res­pec­ti­vas cai­xas com itens dele.

CÔMODO POR CÔMODO

Encai­xote as coi­sas cômodo por cômodo, man­tendo o con­teúdo de dife­ren­tes espa­ços em dife­ren­tes cai­xas. Isso vai eli­mi­nar con­fu­são e pou­par tempo quando esti­ver desencaixotando.
Estabeleça uma ordem para transportar:






SEPARE O QUE VAI USAR NO PRIMEIRO DIA

Não esqueça de separar, em uma caixa específica: “Caixa da primeira noite” após a mudança, já na casa nova: escovas de dente, shampoo, sabonete, desodorante, papel higiênico, copo, prato, colher, garfo, faca, cafeteira, lanterna, toalha, benjamim, roupa de cama, troca de roupa limpa, chinelos, carteira com documentos, dinheiro e remédios de uso habitual. 

Dica: Providencie um mala para três dias. Pesquise a previsão do tempo para estes dias.

Se for necessário na noite pós-mudança fique num hotel ou na casa de algum amigo. 


PARA NÃO PERDER COISINHAS PEQUENAS


Use sacolinha ZIP para guardar parafusos, fios, bijuteria ou coisinhas pequenas fáceis de se perder.
Cole uma fita e escreva o que está dentro e para onde deve ir (quarto, sala, cozinha, etc.+9


ORGANIZE OS PARAFUSOS


Guarde podes de embalagens que vem do supermercado e escreva para identifica de onde são os parafusos



É possível fazer saquinhos com plástico grosso, colocar os parafusos e escreva se são do armário da cozinha, do banheiro, da sala, etc...


Embale parafusos em saquinhos, ou passe fita adesiva sobre eles, ou embrulhe em papel alumínio. Deixe-os colados nos móveis de origem com fita crepe (se possível use uma mais reforçada) na parte de baixo ou atrás deles. Ninguém merece ficar procurando parafuso na mudança.

Proteja seu gaveteiro e os livros



Com uma chave de fenda mude  a posição dos puxadores, quando expostos correm o risco de quebrar 

Para ajudar a abrir a gaveta coloque fita adesiva.

PLÁSTICO FILME, SEU MELHOR AMIGO



Não esvazie seu criado mudo, nem os gaveteiros. Envolva tudo em plástico filme, assim você ganha tempo e não perde nada. Se quiser pode guardar os livros dentro das gavetas ou colocá-los em caixas.

APÓS FECHAR AS GAVETAS, ENVOLVA O ARMÁRIO COM PAPEL FILME PARA IMPEDIR QUE ELAS ABRAM DURANTE A VIAGEM.




Dica: Amarre as portinhas com barbante 

 Na casa nova comece pela cozinha

“Organize os itens de uso diário da cozinha. Providencie a lavagem imediata apenas destes itens de uso diário. Os objetos de pouco uso podem ser lavados posteriormente”.

Organização dos quartos e itens pessoais. 


Priorize os guarda-roupas e comece pelas roupas de cabide, pois amassa com facilidade. Não arrume as roupas de qualquer forma evite o retrabalho”.

Com organização e sem estresse

Organize-se dia a dia “Faça uma lista que contenha, quais locais serão organizados a cada dia. Peça ajuda e aceite ajuda. Deixe de lado a perfeição e permita-se ser a melhor imperfeita que conseguir, com toda ajuda que for possível!


Dicas: 


LEVE O GUARDA-ROUPA (QUASE) MONTADO


Mantenha as roupas nos cabides e colocadas em sacos de lixo (daqueles grandes, melhor ainda se for aqueles que vêm com lacinhos para dar nó). Assim, fica mais fácil guardar as roupas, limpas e menos amassadas.

Amarre uma fita bem firme logo abaixo do gancho, unindo-a com a ponta da sacola para evitar que o peso puxe as roupas para baixo.

DEIXE COISAS LEVES DENTRO DAS GAVETAS


Peças íntimas e outras peças levinhas podem ser levadas dentro de gavetas, você usa um espaço que ficaria vazio, consegue carregar facilmente e ainda ganha tempo quando chegar na casa nova, já que essas peças já vão estar no lugar. Uma dica extra é proteger a abertura das gavetas com uma sacola, ou filme plástico, ninguém merece ver suas cuecas, ou calcinhas, espalhadas por toda mudança.

USE TOALHAS PARA PROTEGER OBJETOS FRÁGEIS


Quem é fã de Douglas Adams sabe que uma toalha tem muitas utilidades, uma delas é proteger objetos frágeis na sua mudança, como pratos e outras louças. Embalar essas coisas com toalhas e muita fita adesiva, é uma boa porque além de tudo desocupa o espaço que você estaria usando para levá-las.
BICHOS DE PELÚCIA AJUDAM MUITO

Coloque bichos de pelúcia, travesseiros, lençóis e cobertores em sacos de lixo e use-os para preencher espaço vazio dentro das caixas. Dessa forma evita que os itens frágeis fiquem “se batendo” e quebrem no caminho.

REAPROVEITE SUAS COISAS COMO EMBALAGEM


Use as luvas da cozinha para embalar os talheres, guarde algumas coisas da mudança dentro do microondas, ou da máquina de lavar (mas lembre-se de lacrar as portas deles com fita crepe e dentro colocar plástico bolha, ou um edredom e afins para não quebrar nada).

PROTEÇÃO PARA PRATOS E COPOS





SE NÃO TÁ A FIM DE GASTAR COM PLÁSTICO BOLHA, E NÃO DESCOLOU JORNAL, COLOQUE PRATINHOS DE PAPELÃO NO MEIO DOS PRATOS COMUNS. PARA PROTEGER OS COPOS, USE FRONHAS, TOALHINHAS OU PANOS.

Organize os fios e os cabos

Antes de desconectar os cabos do computador (ou de outros eletrônicos) tire uma foto. Esse simples clique poderá te ajudar ao instalar tudo sem dor de cabeça, na nova casa.


USE ROLOS PARA organizar fios e cabos



Escreva do lado de fora de cada rolinho, de onde é, e para que serve cada fio. Isso pode te poupar horas de tentativa e erro.

BIJUS


Dica: 
Não use a fita durex amarela e sim a fita durex incolor, pois a fita amarela solta cola e mancha o plástico do suporte de biju
  

Dica:
Aproveite as argolinhas do suporte e amarre os cintos de tecido


  Enrole o suporte e prenda com cintos de tecidos ou barbante 



Assim como fizemos com os cabos eletrônicos, coloque colares e pulseiras em rolo de papel higiênico, brincos e outra coisinhas menores ficam muito bem embaladas em caixas de ovos.

(DICA EXTRA: Caso esteja muito pesado, um truque é colocar panos, meias velhas ou até tubos de papelão por baixo, assim movimentar com mais facilidade, falamos disso aqui).

USE LENÇÓIS VELHOS PARA PROTEGER O SEU COLCHÃO


Forre seu colchão com dois lençóis velhos de elástico. Coloque um por cima, e outro por baixo  como um sanduíche. Outra opção é investir em um plástico grandão, ou numa capa para colchões.

Protegendo espelho




Na falta de plástico bolha, ou caixas coloque 2 fitas adesivas, em X, nos espelhos. Criando assim uma resistência em caso de impacto, mantendo o espelho na moldura, mesmo se ele estilhaçar. O ideal é que o X ultrapasse o espelho, pegando também a moldura.


Leve UMA CAIXA DE FERRAMENTAS




Vai precisar desmontar e montar os móveis e ajuda a resolver os imprevistos, que com certeza vão aparecer! Um armário que saiu tranquilamente pela porta da antiga casa, pode não passa tão facilmente pelos corredores do novo lar.

MALA COM ALÇA


Abuse das suas malas com rodinhas para carregar objetos pesados como livros e revistas. Acredite, caixa com livros é muito pesada, praticamente impossível de ser carregada.

ANTES TIRE TUDO DO CAMINHÃO


Na hora de entrar com caixas e mais caixas na casa nova,  é bom que não tenha nada, nenhum móvel muito grande, atrapalhando o seu caminho. Se o espaço da sua nova residência permitir, tire toda a mudança do caminhão para se organizar e não ter que ficar pulando ou desviando de sofá, fogão e armário. 

FAÇA UM KIT DE SOBREVIVÊNCIA

O kit deve ter itens essenciais para passar a primeira noite caso seja tarde demais para ficar fuçando cai­xas ou caso o pes­soal da mudança não tiver apa­re­cido. Alguns itens que podem aju­dar nes­tes casos: comida não-perecível, abri­dor de latas, pra­tos des­car­tá­veis, uten­sí­lios de plás­tico, gar­ra­fas d’água, uma lan­terna, algu­mas toa­lhas, len­çóis, pro­du­tos de higi­ene, cober­tor, papel higi­ê­nico, caneta e papel, alguns jogui­nhos ou revis­tas e uma troca de roupa para todo mundo.

PRI­MEIRA NOITE ESPECIAL

Faça a pri­meira noite na sua nova casa a mais espe­cial de todas! Peça comida chi­nesa, pizza, etc. Rola tam­bém de por algu­mas velas, deco­ra­ção rápida e prá­tica e muita música. Vai fazer muita dife­rença isso e aju­dar você e sua famí­lia a rela­xa­r.

Não passe fome


Pesquise na internet, ou peça ao porteiro, menus de pizzaria e outros deliverys perto da casa nova. Não importa o tamanho da sua mudança, duas coisas são certas: Você vai ter fome e não vai querer (ou poder) cozinhar. Além disso, pagar uma boa refeição aos amigos que deram uma força é uma boa forma de agradecimento, mas não é a única, esteja disposto a ajudar na mudança dessa galera quando te pedirem.

vani_sososlteiros

COMPARTILHANDO EXPERIÊNCIAS


  • Controle o seu orçamento e as suas finanças. Se a grana estiver curta, evite gastá-la com o que não é necessário. Faça uma reserva, mesmo que pequena, para alguma emergência.
  • Evite dar festas no seu apê e prefira baladas e barzinhos com os seus amigos, porque depois da diversão, a limpeza vai sobrar para você! Além das tretas com os vizinhos resultar em multa $

Fontes:
http://sossolteiros.bol.uol.com.br/saiu-da-casa-dos-pais-veja-o-guia-simplificado-para-iniciantes/

http://sossolteiros.bol.uol.com.br/8-truques-para-evitar-estresse-na-hora-da-mudanca/

http://casa.abril.com.br/topicos/Organiza%C3%A7%C3%A3o


http://sossolteiros.bol.uol.com.br/20-dicas-surpreendentes-para-realmente-facilitar-a-mudanca/

O site Rent especializado no tema “aluguel”, postou em seu blog um infográficocom dicas preciosas para não cair em ciladas. Tudo foi traduzido por SOSSOLTEIROS

* Com informação do blog Home Organizar, de Ingrid Lisboa.

Textos originalmente postado por Mário Martins para o blog