sexta-feira, 11 de setembro de 2015

18 Truques para promover a saúde do seu cachorro





Coisas que nós fazemos para os nossos animais que não deveria ser feito!


1. Não deixe a ração do seu cachorro na sua embalagem original, ainda mais se for um pacote grande. O melhor e mais fácil de organizar, economizando espaço, é armazená-la em potes não muito grandes, bem fechados. O que vai manter a comida do seu pet fresca por mais tempo.
2. Em vez de colocar uma bola de tênis no prato de comida do seu cachorro para que ele coma mais devagar (uma prática bastante perigosa que algumas pessoas utilizam com orientação de “profissionais”), use pratos diferentes, como os que possuem saliências, ou apenas use a parte oposta.

Outra dica é comprar um prato como aquele tipo “marmitex” que tem várias separações, onde é possível colocar pequenas porções e dão um pouco mais de trabalho ao cachorro faminto. 

3. Se o seu cão for picado por uma abelha, basta raspar o ferrão com um cartão de crédito e colocar uma combinação de água e bicarbonato de sódio sobre a área para limpá-la e prevenir infecções.
4. Se você observar que o seu cão está com prisão de ventre, uma dica é alimentá-lo com um purê de abóbora para que o seu intestino volte a funcionar corretamente.
5. Para evitar que as patas do pet fiquem secas e rachadas no inverno, aplique um pouco de vaselina antes de iniciar uma caminhada mais longa. Mas antes de voltar para casa não se esqueça de limpar as patas.

6. Caso você ache que o seu cachorro comeu algo que o intoxicou dê a ele uma colher de chá de água oxigenada para fazê-lo vomitar. Também é possível misturar ao líquido um pouco de água e xarope de ipeca, usado em casos de envenenamento.
Com essa solução, o alimento perigoso que o cão ingeriu estará fora de seu sistema digestivo, antes de causar qualquer dano.
AVISO: esse deve ser o último recurso! Só se você tiver certeza absoluta que seu cachorro comeu algo que não deveria. O recomendado é sempre antes levar no seu veterinário ok?

7. Quando o seu peludo tem o costume de mastigar cabos, é indicado aplicar spray de maçã amarga ou outro sabor que afaste ele do local, não apenas para não causar mais prejuízo, mas também porque é perigoso. A aplicação pode ser feita com uma toalha.
8. Invista em uma guia de prevenção de fugas,  ainda mais se ele for pequeno e ficar solto no quintal com risco de fugir por entre as grades do seu portão.

9. Nos dias quentes, o seu cachorro vai adorar de se refrescar e brincar em uma piscina inflável com água e gelo. Só antes, caso as temperaturas estejam muito extremas, é recomendado que você faça uma transição antes de deixá-lo ir na piscina. Comece molhando suas patas e corpo com água natural para acostumar ele com calma. Até porque se depender dele ele já se joga na piscina com tudo!
10. Um jeito para a remoção fácil de um carrapato em seu cão é passar sabão líquido em um pedaço de algodão e aplicá-lo sobre o carrapato durante alguns segundos. Assim, o carrapato vai sair preso no algodão quando você removê-lo.
11. Ensine seu cão a aparar as suas próprias unhas, fixando uma lixa em um pedaço de madeira, assim como os gatos eles podem aprender que ali é o local certo de arranhar.

12. Polvilhe salsa na comida do seu cão para deixar o seu hálito fresco. Outra dica é colocar um pouco de pasta de dente própria para cães em uma escova adequada e deixar que ele a lamba. Você pode, em seguida, desinfetar a escova e usá-las quantas vezes mais for preciso.
13. Já que os cães têm patas sensíveis ao calor, quando for passear com ele nos meses de verão, prefira fazer isso até às 9 horas ou apenas depois das 20 horas. Prefira ainda as áreas com sombra e grama. Porém, nunca deixe de passear com ele ao menos uma vez por dia, ainda mais se ele vive dentro de um apartamento.
14. Nem todos os cães gostam de tomar banho e se você quer agilizar o processo coloque-o na banheira ou na bacia e use um bule de café antigo ou mesmo outro recipiente semelhante para molhá-lo. Isso vai facilitar a hora do banho e o acessório será útil ainda para enxaguá-lo.

15. Em lugares públicos, use um mosquetão como coleira para prender bem firme o seu cão.

16. Não se esqueça de manter limpas as orelhas do pet. Em geral, cotonete, algodão e ceruminolítico, que se acha em pet shops, para diluir o cerúmen do ouvido, são suficientes. Peça ao veterinário que lhe mostre a forma correta de fazer a higienização.
17. Existem muitas formas de remover os pelos do seu cão de tapetes, estofados e outros locais. No caso dos sofás, uma dica é umedecer uma luva de plástico e passar sobre a área. Nos tapetes, melhor do que usar o aspirador de pó, que pode danificá-los com tantos pelos, é passar um rodo sobre eles.

18. Leve uma vez por ano o seu pet no veterinário e sempre que ele mostrar algum problema de saúde. Também é importante conhecer as peculiaridades de cada raça, como as doenças que estão mais propícios a desenvolver, para identificar qualquer sinal de modo precoce.

Depois caso queira saber como ter um cachorro ainda mais saudável e com potencial de viver até 134% mais que a expectativa média da raça, recomendo que dê uma olhada no Programa de Dieta do Cachorro de 29 Anos.

Quebrando barreiras


É muito importante brincar com seu cão

E ser carinhoso (a)

Sem stress



Fonte: