quarta-feira, 20 de maio de 2015

Não use sapatos que estiveram nas ruas dentro de casa


Lugar para as visitas colocarem os calçados na entrada da casa


Na entrada de qualquer casa japonesa, você encontrará o genkan (Pronuncie guenkan). Ele fica bem na entrada e é sempre um degrau abaixo da entrada principal. 

O costume lá é assim, você retira os sapatos, sobe esse degrau da entrada e depois vira os sapatos deixando-os alinhados em direção à porta. Isso facilita na hora de você for calça-los de novo. Geralmente, nessa entrada, ficam as famosas surippas, que são uma espécie de chinelinhos que se usa no interior das casas.

Como no inverno é muito frio, costuma-se então usar esses surippas mais quentinhos, ficar com o pé gelado dentro de casa é nada agradável!

Caso não estejam, o anfitrião se encarrega de trazê-las para você! Existem surippas de todo tipo e para todos os gostos, com base de madeira, estilo geta ou de palha, de pano, de borracha, de plástico, atoalhado ou estampados com personagens de animes, enfim, são muitos estilos que podemos encontrar nas lojas no Japão.

Sugestão para colocar os sapatos






Um hábito que os japoneses possuem é tirar os sapatos antes de adentrarem em suas casas ou em casas alheias. Tirar os sapatos auxilia na manutenção da  limpeza da casa, sapatos sempre trazem sujeira da rua e também é um gesto de respeito, pois você demonstra que não quer “sujar” aquele lugar e que tem a humildade de despir os pés para pisar ali, como se faz em um lugar sagrado.
O costume de tirar o sapato antes de entrar em casa também é comum em outros lugares do mundo, onde a neve e o barro são motivos para as pessoas quererem tirar os calçados, antes de sair andando pelo lar doce lar.
Mas é realmente necessário?
Esse é um gesto higiênico, acima de tudo. Você já parou pra pensar em quantos germes e bactérias você traz diariamente na sola do seu sapato pra dentro de casa? Lixo, cocô de cachorro, tem gente que até cospe no chão na rua (nojo!!!). 96% dos calçados de quem caminha pela rua têm contato com germes e bactérias, ou seja, praticamente todo mundo chega com o sapato nojento em casa.


A Universidade de Houston realizou uma pesquisa e descobriu que 39% dos sapatos continham bactérias C. diff, também conhecidas como Clostridium difficile.
Essa bactéria é uma ameaça pública e resistente a vários antibióticos.
Os problemas que podem ocorrer são diarreia e, o mais grave, a inflamação do cólon.
Outro estudo, desta vez na Universidade de Arizona, descobriu nove formas diferentes de bactérias encontradas na sola dos sapatos.


Para você ter ideia, a parte inferior do calçado é mais suja do que assentos sanitários.
A bactéria mais comum que vem da rua pra casa é Escherichia Coli, que pode causar diarreia, infecção urinária, doença respiratória e até pneumonia!

Dica: Para reduzir ainda mais os riscos, higienize a sola seus calçados regularmente com água e sabão.
Dica 2: Para reduzir em até 85% a quantidade de sujeira, coisas nojentas e bactérias no chão do seu lar, monte um cantinho na entrada da sua casa, usando caixotes, com mesma função de um genkan(aquele espaço degrau que serve pra dividir a entrada principal da casa do restante do imóvel), assim ele se tornará um lembrete pra você e para os visitantes, de que os sapatos devem ser deixados ali, antes de entrar.
Dica 3: Deixe sempre um produto de higiene para os pés a disposição próximo a área onde os sapatos ficam (ex: Odor Free). Caso algum amigo tenha problema com chulé, isso pode salvar o dia.
Dica 4: Deixe chinelos a disposição para quem não se sente a vontade quando descalço. Se possível do modelo fechado, vai que sua amiga não pintou as unhas.

Fontes: http://www.japaoemfoco.com/habito-de-se-tirar-os-sapatos/#ixzz3dk2adyje